Meu perfil
BRASIL, Homem, Portuguese, Informática e Internet, Música, Medicina
MSN - lucidiojf@hotmail.com




Arquivos
 05/10/2008 a 11/10/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 27/04/2008 a 03/05/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 27/01/2008 a 02/02/2008
 25/11/2007 a 01/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 26/08/2007 a 01/09/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 05/08/2007 a 11/08/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 06/05/2007 a 12/05/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




border="0" ALT="Google" align="absmiddle">
Contate-me pelo msn lucidiojf@hotmail.com ou no chat do site. Estou online das 17 as 22 hs seg a qui. Agora estou: Indicador de Status Indicador de Status Mi estado Indicador de Status Adicionem-me: MSN: lucidiojf@hotmail.com Yahoo: lucidiof AOL: Lucidio1957 ICQ: 137133585 Google Talk: lucidiojf Skipe: lucidio3453 MEU E-MAIL: lucidiojf@brisanet.com.br

Blog do Dr. Lucidio
 


CONTINUAÇÃO ENTREVISTA DR HENIO

LJF: E no caso de metrorragia? Que tipo de hormônio ou ACO usar?

Hênio: Metrorragia é sangramento abundante fora do período menstrual. Tem de investigar causa disfuncional (alteração hormonal) ou orgânica  (mioma, carcinoma de endométrio, pólipo endometrial, adenomiose). Usar exames complementares principalmente o ultrassom e a histeroscopia. A histeroscopia é o gold standard para estudo da cavidade endometrial. Afastada causa orgânica, pedir: gonadotrofinas, estudo da tireóide (influencia o fluxo menstrual, principalmente o hipotireoidismo), prolactina (O hipotireoidismo pode causar aumento secundário da prolactina pois o TSH é um hormônio estimulante da produção de prolactina), Também investigar resistência insulínica. Causas ovarianas, causas adrenais (tumores adrenais, hiperplasia adrenal).

LJF: Que tipo então de hormônio usar na metrorragia disfuncional?

Henio: De inicio usar estrógeno injetável: PREMARIN até parar o sangramento, depois usar um combinado, Pode usar logo de inicio o EVANOR pílula de alta dosagem, 2 cp x dia ate o termino do sangramento, parou, você continua com 1 comprimido ate o termino da cartela. Ai você vai ter tempo de estudar a paciente: biopsia de endométrio, ultrassom transvaginal ou mesmo histeroscopia.

LJF: Falando do uso continuado de hormônios, sabendo-se que o uso iatrogenico do estrógeno pode espessar o endométrio e a progesterona atrofiar. Sabendo-se desse uso demasiado na perimenopausa e menopausa por alguns colegas por exemplo o CLIMENE na peri e o CLIANE na menopausa. O que você diria?

Henio: Continuo dizendo da contra-indicação de ACO na peri e menopausa, ate porque nos extremos da idade da mulher: adolescência e perimenopausa existem sangramentos irregulares (hipermenorragia) acima de 8 dias. Então mesmo que a paciente perimenopausica, não apresente sintomas de fogachos mas somente irregularidade menstrual, pode-se usar so a progesterona 10 dias. Pode-se fazer uma dosagem de FSH. Se o FSH > 35 considerar falência ovariana, então tem necessidade de uso de estrógenos e é necessário terapia de reposição hormonal. Então usar o combinado. Se a paciente não quer menstruar fazer uso continuo, se quer menstruar fazer pausa de 7 dias.

Mas sempre desconfie de uma paciente climaterica com sangramento demasiado, afaste a possibilidade de neoplasia. Examine a paciente. Veja a propedêutica do colo uterino, faça uma biopsia de endométrio. Com sonda nelaton nº 12 ou 14 e seringa de 20 cc, Lembre-se que o uso continuado de estrógenos conjugados por 2-3 meses você poderá ter grande risco de causar hipertrofia do endométrio e depois hiperplasia endometrial e que a forma complexa atipica é causa de 25 % de carcinoma de endométrio.       

LJF: Obrigado, e agradecemos a sua atenção. E fiquemos no aguardo de perguntas no fórum.

 



Escrito por LJF às 18h10
[] [envie esta mensagem
]





CONTINUAÇAO ENTREVISTA

LJF: Os injetáveis, ultimamente caíram em desuso? Talvez por darem muita irregularidade menstrual, você restringe so para o período do aleitamento no caso da Medroxiprogesterona (DEPO-PROVERA).

Hênio: Assim como os ACO orais os injetáveis tem as formas combinadas (E + P) e isoladas (só Progesterona). A DEPO-PROVERA hoje está restrita mais para o puerpério e é usada a cada 90 dias IM. Em 60% dos casos apresentam spot ou irregularidade menstrual, com menstruação ate todo o mês, e o uso isolado da DEPO-PROVERA pode causar osteopenia porque a mulher entra em hipoestrogenismo continuo e este vai trazer sintomas de climatério: ondas de calor, fogachos, vagina seca, redução da libido e perda óssea. No caso dos combinados: temos o que se usa do 6º ao 10º dia, de preferência no 8º dia.cujo mais conhecido é o PERLUTAN, mas tem o PREGRESSE que é mais barato. E os combinados que se usa de 30 em 30 dias (MESIGYNA) que tem o similar em solução aquosa IM, menos dolorosa (CICLO-FEMINA). Melhor os de 30 dias pois tendem a ter uma menstruação mais regular. O PERLUTAN encurta o ciclo, a paciente fica com um ciclo de 23 dias. Você aplica no 8º dia e geralmente 15 dias após, ela vem a menstruar. Então, fica menstruando a cada 23 dias. Então a prescrição do PERLUTAN a cada 30 dias, pode ocorrer gravidez, eu inclusive já vi um caso em Pau-dos-Ferros. Tem de se fazer no 8º dia do ciclo e não a cada mês.

LJF: No caso de amenorréia secundária, onde a paciente diz que não está grávida e esta sem menstruar, que tipo de hormônio você usaria? Existe o GINECOSIDE, PROVERA.

Hênio: Primeiro, paciente em idade fértil, atividade sexual, afastar gravidez, para não entrar em investigação desnecessária. Primeiro um teste de gravidez ou ate mesmo um ultrassom, pois pode haver falso negativo com o teste e o ultrassom transvaginal ate com 5 dias de atraso menstrual pode acusar gravidez. Afastada a possibilidade de gravidez, seguir o fluxograma seguinte: Seguir o teste de Provera: Usar só PROVERA cp 10 mg  ou outro tipo de progesterona como a sintética (UTROGESTAN), 7 a 10 dias de uso e aguardar descer o fluxo menstrual. Se o fluxo descer ate 21 dias após o termino do teste, diz-se teste positivo. Isso quer dizer que ela não está ovulando, ela tem estrógeno mas não tem progesterona. Se não descer após os 10 comprimidos: Teste oral negativo. Ai a paciente é uma forte candidata a ter hipoestrogenismo, porque o endométrio não foi estimulado previamente pelo estrógeno. Ai tem de avaliar hipogonadismo, seja primário (origem ovariana) ou secundário (central ou hipogonadotrofico).

LJF: Voltando a menopausa, que tipo de ACO você usaria na perimenopausa, menopausa e pós-menopausa histerectomizada ou não?:

Henio: Ate os ACO de 15 mcg de etinilestradiol são contra-indicados na menopausa. Face ao alto risco de tromboembolismo (AVC, IAM, TVP) principalmente em fatores de risco (obesidade, varizes de mmii, acamadas, fumantes, diabetes. Antes de cirurgia, temos de retirar também os ACO. É então contra-indicado o uso de ACO na perimenopausa ou nas climatericas.

LJF: Mas se a paciente é sintomática, ou seja apresenta por exemplo sangramento vaginal ou metrorragia?

Hênio: Ai se usa de preferência os reguladores de ciclo (PRIMOSISTON, CICLO-PRIMOGINA), porque o estrógeno desses ACO não é o etinilestradiol e sim o estradiol semelhante ao produzido pelos ovários. Se vc quer que a paciente menstrue deixe pausa de 7 dias entre as cartelas. Se não, pode emendar as cartelas. Paciente histerectomizada tem de usar so estrógenos. De preferência o estradiol (ESTROFEM 1 e 2 mg). Iniciar com dose mínima 1 mg se paciente sem sintomas, continuar. Se com sintomas, pricipalmente fogachos, aumentar para 2 mg. Os que tem estrógenos conjugados tem potencial maior de desenvolver hiperplasia endometrial e estão caindo em desuso. Se tiver útero, tem de usar combinados E + P. Hoje temos o AVADEN, ele é cíclico, mas cujo estrógeno é o Estradiol, menos efeito colateral e a Progesterona o Gestadeno que dá menor retenção hidrica, menos engurgitamento mamário e dor pélvica. Tem 4 comprimidos de placebo, caixa de 28, você emenda uma cartela na outra.  

 



Escrito por LJF às 18h07
[] [envie esta mensagem
]





ENTREVISTA COM ESPECIALISTA: HORMONIOS EM GINECOLOGIA - DR HENIO

LJF: Vamos iniciar o assunto aqui sobre fisiologia hormonal os hormônios em Ginecologia, que é um assunto bastante polemico, por exemplo, vamos iniciar pelo uso de anticoncepcionais. Temos aqui ao lado o Especialista em Ginecologia e Obstetrícia o Dr Henio Suassuna Ferreira, e que vai nos dar orientações e tirar algumas duvidas sobre o assunto. Dr Henio, sobre o uso de anticoncepcionais hormonais, nós sabemos que existem os que têm maior ou  menor quantidade de estrógenos, qual seria a sua indicação e em que casos você usaria os de menor quantidade de estrógenos e em que outros você usaria os de maior quantidade. A gente sabe que tem os de mais de 50 mcg de estrógenos (NEOVLAR) e os que tem pouca quantidade (PRIMERA, MINESSE) os de uso mais moderno.Eu queria que você fizesse suas colocações diante dos vários tipos de anticoncepcionais existentes.

Henio: Inicialmente, final dos anos 70 a inicio dos anos 80, existia em termos de quantidade de estrógenos, 1 comprimido era suficiente pra fazer 5 dos de hoje, existia comprimidos com até 150 mcg de Etinilestradiol. Todo ACO combinado, ou seja, estrógenos + progesterona, tem como único tipo de estrógeno o Etinil-estradiol. A Progesterona é o que muda. Então, atualmente o ACO com maior quantidade de estrógeno mais conhecido é o EVANOR e o NEOVLAR que tem 50 mcg de Etinilestradiol. O que muda é so a Progesterona: Gestodeno, Norgestrel, Levonorgestrel. O que ocorre, foi visto que quanto maior a quantidade de etinilestradiol os fenômenos mineralcorticoides (retenção de sódio e água) eram mais abundantes. A paciente tinha mais edema, cefaléia, aumento de peso. Tanto efeito glicocorticoide como mineralcorticoide. Então hoje em dia esta se usando ACO com 15 mcg de estrógenos que inclusive é aquele GINESSE caixa com 28 comprimidos.

LJF: Sobre o início de uso, uns propagam no 1º dia, outros no 5º dia do ciclo.

Hênio: Hoje já é consenso. Toda primeira caixa de ACO você começa no 1º dia do ciclo, independente da dosagem. As caixas seguintes é que sofrem influencia das dosagens do ACO. Exemplo: O MINESSE tem 28 comprimidos, você emenda 1 caixa na outra, porque tem 4 comprimidos de placebo. Não tem pausa. Os ACO de 15 mcg todos vem com 24 comprimidos ativos e 4 de placebo. É assim com MINESSE, YASMIN, onde a progesterona usada tem um efeito anti-mineralcorticoide. Diz que é um ACO que faz perder peso, porque aumenta a diurese. Os ACO com 21 comprimidos na cartela, você inicia no 1º dia da menstruação e as caixas seguintes com 7 dias de intervalo, ou seja usa 3 semanas e dá uma pausa de 1 semana.

LJF: E sobre os tricíclicos?

Henio: Os triciclicos é o seguinte: a caixa vem com 21 comprimidos, so que eram divididos em 3 fases de 7 comprimidos, onde a dosagem de etinil estradiol e progesterona variavam, tentando simular a ciclicidade hormonal da mulher. So que foi visto que esses ACO davam muito spot, aquele sangramento intermenstrual, so que hoje a maioria dos ACO são monofásicos ou seja a dosagem do 1º ao ultimo comprimido é igual.

LJF: Se uma paciente conclui um ACO e não vem a menstruação, quando é que ela deve iniciar outra caixa?

Hênio: 7 dias após o termino da cartela, independente que menstrue ou não. Porque cada paciente tem uma resposta individual a cada tipo de ACO. Pode causar atrofia do endométrio e a paciente não vir a sangrar após o termino.da cartela. E as vezes ela menstrua no 1º ou 2º comprimido da cartela seguinte. Então o intervalo é 7 dias entre as cartelas. A exceção é para os que tem 28 comprimidos, porque como vimos acima tira direto. E os ACO que tem 24 comprimidos como o ALESTRA 20, que se dá um intervalo de apenas 4 dias.

LJF: O ideal é você se habituar com determinado tipo então.

Hênio: O ideal é você saber utilizar pelo menos 1 ACO de cada dosagem. Saber indicar um de 50 mcg de Etinilestradiol como o EVANOR, o de média 35 (SELENE, DIANE 35) e 20 mcg (TAMISA 20, FEMINA,FEMIANE,HARMONET) e o de 15 mcg (MINESSE, YASMIN) com cartelas continuas de 28 comprimidos.

 



Escrito por LJF às 18h05
[] [envie esta mensagem
]





Vote e Jogue

No lado esquerdo do blog, coloquei uma novidade, vamos ter um mini caso clinico e o colega votará em qual opçao mais correta, quando cerca de 20 colegas houver votado, divulgarei o resultado ou o gabarito ao lado no blog. Ok? Divirtam-se é uma especie de jogo ou enquete.

Escrito por LJF às 19h50
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]